Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
CEARÁ

Superintendência inaugura espaço físico para Escola do Trabalhador

Nova Agência do Trabalho em Juazeiro do Norte terá local para realização de cursos de qualificação do programa online do Ministério do Trabalho

  • Publicado: Quinta, 08 de Novembro de 2018, 11h30
  • Última atualização em Quinta, 08 de Novembro de 2018, 11h58
  • Acessos: 103

A partir deste mês, os trabalhadores que forem até as unidades do Ministério do Trabalho (MTb) no Ceará poderão, além de emitir a Carteira de Trabalho ou dar entrada no Seguro Desemprego, obter informações e fazer a matrícula nos cursos oferecidos pela Escola do Trabalhador. A plataforma de educação à distância do Ministério do Trabalho já qualificou 3,3 mil cearenses, mas muitos trabalhadores no estado ainda não sabem como podem ter acesso aos cursos.

A inauguração do primeiro espaço físico para a Escola do Trabalhador no Brasil será no dia 22 de novembro. O espaço da Superintendência Regional do Trabalho (SRT-CE) ficará dentro da Agência de Juazeiro do Norte. O local foi equipado para que os trabalhadores que não têm acesso a computadores possam assistir suas aulas com todo o conforto e segurança.

O objetivo é levar a iniciativa para outras unidades. “A ideia é que possamos construir, em cada unidade do Ministério do Trabalho no Ceará, salas para que os trabalhadores concluam seus cursos”, informa o superintendente Regional do Trabalho, Fábio Zech.

Mercado de trabalho - A Escola do Trabalhador já oferece 26 cursos a trabalhadores de todo o Brasil – o mais novo é o de Excel Avançado. As opções ao estudante são divididas em 12 eixos temáticos, focadas nas necessidades do mercado de trabalho brasileiro, como informática, inglês, cuidador de idosos, agente de viagens, empreendedorismo, português, espanhol, design gráfico e muito mais.

Os cursos são gratuitos e podem ser acessado de qualquer computador do Brasil no endereço escola.trabalho.gov.br. Não há pré-requisito para cursá-los e nem escolaridade mínima exigida. Cada curso dura aproximadamente 40 horas, tempo estimado como necessário para o trabalhador cumprir todas as tarefas, mas o conteúdo fica disponível para que a pessoa inscrita consiga concluir as tarefas com calma.

Ao final de cada curso, os trabalhadores passam por uma avaliação para receber o certificado de conclusão. O documento é emitido pela Universidade de Brasília (UnB), instituição responsável pela elaboração dos cursos.

 

SAIBA MAIS
Escola do Trabalhador - Agência do Trabalho em Juazeiro do Norte (CE)
Inauguração: 22/11/2018
Endereço: Rua José Marrocos s/n

 

Ministério do Trabalho
Geórgia Maia Pinto
Assessoria de imprensa
georgia.pinto@mte.gov.br
(85) 3255-3966

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página