Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Distribuidoras de combustíveis assinam acordo para melhorar áreas usadas por caminhoneiros no PR

Empresas se comprometeram com melhorias mesmo não sendo empregadoras diretas dos trabalhadores beneficiados

  • Publicado: Sexta, 19 de Julho de 2019, 09h36
  • Última atualização em Sexta, 19 de Julho de 2019, 09h36
  • Acessos: 1505

Acordo firmado entre o Grupo de Fiscalização do Trabalho em Transportes (Getrac) da Secretaria de Trabalho e três distribuidoras de combustíveis do município de Araucária (PR) vai possibilitar melhorias na área usada por motoristas que passam diariamente pelos locais para carregamento e descarregamento dos caminhões.

Segundo o coordenador do Getrac, o auditor-fiscal do Trabalho Jansen de Lima e Silva, a ação no local detectou a insuficiência de vagas de estacionamento e a deficiência na sinalização de segurança viária. Estes dois fatores aumentam a possibilidade de acidentes, já que existe grande circulação de pessoas e veículos carregados com carga de potencial explosivo.

Outros problemas encontrados pela ação de fiscalização no entorno da Refinaria Presidente Vargas foram a insuficiência de instalações sanitárias para o número de usuários e a falta de conforto para espera durante o processo de carregamento.

Compromisso

As empresas Raizen, BR Distribuidora e Ipiranga concordaram em realizar obras para adequar o pátio e a infraestrutura usados pelos caminhoneiros para carregar os caminhões e também descansar enquanto aguardam os carregamentos. Cerca de 600 motoristas passam diariamente pelo local.

“Trata-se de uma situação bastante singular e relevante. Estamos diante de um compromisso firmado por empresas que não são as empregadoras diretas dos trabalhadores beneficiados, mas diante da ação de fiscalização e da determinação legal, não se furtaram a assumir a responsabilidade na construção de um ambiente de trabalho mais seguro e digno para os motoristas que circulam em suas dependências”, explicou o coordenador do Getrac Jansen de Lima e Silva.

As inspeções físicas no local ocorreram nos dias 2,3 e 4 de abril e o termo de compromisso foi assinado em 12 de julho. Os prazos para a realização de cada melhoria proposta variam entre 120 e 360 dias.

registrado em:
Fim do conteúdo da página