Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Cooperação deve ampliar acesso aos serviços previdenciários e trabalhistas no RN

Acordo foi assinado nesta segunda-feira (22) durante seminário “Por que o Brasil precisa da Nova Previdência?”, em Natal 

  • Publicado: Segunda, 22 de Julho de 2019, 14h43
  • Última atualização em Terça, 23 de Julho de 2019, 09h51
  • Acessos: 1615

Acordo de cooperação técnica firmado nesta segunda-feira (22) deve facilitar o acesso da população do Rio Grande do Norte aos serviços do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e das unidades de atendimento do Trabalho. A parceria foi assinada durante o seminário “Por que o Brasil precisa da Nova Previdência?”, em Natal (RN). 

Assinaram o acordo a Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn), o INSS e a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia. Ele permite que os cidadãos potiguares tenham acesso a serviços previdenciários e trabalhistas nas suas próprias cidades, sem precisar se deslocar aos municípios com agências dos dois órgãos. Hoje, dos 167 municípios do estado, 36 possuem agências do INSS e sete têm unidades de atendimento do trabalho. 

Nos municípios que aderirem ao projeto haverá pontos de atendimento nos quais será possível emitir extratos e comprovantes previdenciários; encaminhar requerimentos de benefícios previdenciários, assistenciais e do seguro-defeso do pescador artesanal; certidão de tempo de contribuição e de revisão dos benefícios. Os trabalhadores também poderão fazer a Carteira de Trabalho e Previdência Social e dar entrada no Seguro-Desemprego, além de buscar informações sobre como usar os serviços digitais da Secretaria Especial. 

Modernização 

“Quando chegamos na Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, no início do ano, dos 96 serviços do INSS, apenas oito eram digitais. Agora 90 são digitais. O cidadão só precisa de deslocar a um posto para fazer perícia e prova de vida. Isso significa modernidade, melhoria no atendimento à população”, destacou o secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho. 

Rogério Marinho lembrou que esta é apenas uma das iniciativas que estão sendo tomadas para melhorar o atendimento aos trabalhadores e beneficiários do INSS no país. Ele assinou o acordo junto com o presidente do INSS, Renato Vieira, e o secretário de Trabalho, Bruno Dalcomo.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página