Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Reunião do Brics debate desafios do trabalho

Mudanças demográficas e tecnológicas trazem desafios para Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul

  • Publicado: Quinta, 19 de Setembro de 2019, 20h23
  • Última atualização em Quinta, 19 de Setembro de 2019, 20h23
  • Acessos: 926

A 5ª Reunião de ministros do Trabalho e Emprego do Brics discutiu nesta quinta-feira (19) as oportunidades e desafios conjuntos que Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul precisam enfrentar diante da acelerada mudança do universo trabalhista que ocorre em nível global. Representantes de empregados e empregadores manifestaram as expectativas e as preocupações de seus países em relação, sobretudo, às oportunidades de trabalho diante dos avanços tecnológicos.

“O mundo do trabalho realmente mudou. Precisamos ser rápidos para nos adaptar às demandas de mercado. Precisamos responder a isso com a agilidade que merece”, destacou ministro do Trabalho da África do Sul, Thulas Nxesi.

“As mudanças demográficas e tecnológicas trazem desafios. Habilidades importantes hoje não o serão no futuro. A Índia criou uma estrutura de qualificação nacional integrada para facilitar que as pessoas atinjam o nível de competência e as habilidades exigidas por essa nova realidade”, disse o secretário-geral do Governo da Índia, Shri Ram Kumar Gupta.

O vice-ministro de Recursos Humanos e Seguridade Social da China, You Jun, destacou o papel de liderança dos países do Brics sobre as economias emergentes. “Temos ações convergentes e progredimos juntos nos últimos dez anos. Precisamos inovar e renovar os pensamentos para aumentar a cooperação, colocar as pessoas no centro”, afirmou.

“Acreditamos que é importante a proteção social na estrutura legal trabalhista. Esse bloco permite que nossos países discutam problemas similares e busquem soluções”, disse Andrey Pudov, vice-ministro da Secretaria de Estado da Rússia.

O secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, destacou a importância de o Brasil estar modernizando o sistema previdenciário, sinalizando ao trabalhador que o pagamento futuro das aposentadorias será cumprido. “É um problema de vários países, que deve ser enfrentado. O governo precisa ter capacidade mínima para investir em segurança, educação, saúde e programas. As mudanças estruturantes apontam para futuro do trabalho com segurança, previsibilidade, e poucos anos para reverter a curva crescente do déficit previdenciário”, disse.

A abertura da reunião foi realizada pelo secretário Rogério Marinho, na manhã desta quinta-feira, e na sequência avançou para as apresentações de ministros e autoridades do Trabalho dos demais países integrantes do Brics e de representantes de instituições como a Organização Internacional do Trabalho (OIT).

Observatório

A coordenadora do Observatório Nacional do Mercado de Trabalho, Mariana Eugênio, apresentou como funciona a Rede de Institutos de Pesquisa do Trabalho. A rede é formada por instituições de todos os cinco países que compõem o Brics e tem como principal objetivo o desenvolver pesquisas e estudos relacionados à empregabilidade como forma de contribuição para a criação de políticas públicas voltadas à superação dos desafios do mercado de trabalho. A empregabilidade dos jovens é um dos centrais da atuação da rede, que conta com a parceira a OIT.

A governança de informações do mercado de trabalho foi o tema da atividade de encerramento do dia, com a participação da OIT e do governo brasileiro e finalizada com um debate. O secretário de Trabalho, Bruno Dalcolmo, informou que o processo de Transformação Digital no extinto Ministério do Trabalho e atual Secretaria de Trabalho possibilitou a prestação de melhores serviços aos trabalhadores, mais transparência e maior garantia de preservação direitos. O auditor-fiscal do Trabalho João Paulo Machado fez uma apresentação sobre a simplificação do eSocial, com ênfase na transmissão eletrônica de todos os dados exigidos.

registrado em:
Fim do conteúdo da página