Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Conselho Nacional do Trabalho > Últimas notícias > eSocial passa a substituir Livro de Registro de Empregados
Início do conteúdo da página

Vídeos

        

Notícias CNT

Aviso de pauta

Dados do Caged de outubro serão divulgados às 15h desta quinta-feira. A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia divulga nesta quinta-feira (21) os resultados de outubro do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Todas as informações estarão disponíveis às 15h no www.trabalho.gov.br. Não haverá coletiva de imprensa. O que: Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) de outubroQuando: quinta-feira (21), às 15hOnde: www.trabalho.gov.br

Operação resgata 14 pessoas de condições análogas ao trabalho escravo

Auditores-fiscais do Trabalho fiscalizaram fazendas de extração de palha da carnaúba no interior do Rio Grande do Norte

Congresso promulga Nova Previdência: confira as principais mudanças

Novas regras passarão a valer a partir da publicação no Diário Oficial da União

Portaria publicada no Diário Oficial da União deixará anotações em carteira e registro de trabalhadores mais fáceis

As anotações na carteira de trabalho e o registro eletrônico de empregados vão ficar mais fáceis. Portaria publicada na edição desta sexta-feira (1º) do Diário Oficial da União (DOU) permite o registro por meio das informações prestadas ao Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial).

Pela Portaria nº 1.195, de 30 de outubro de 2019, da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, para substituir o livro de registro dos empregados pelo eSocial, os empregadores devem optar pelo registro eletrônico dos trabalhadores. Os que não fizerem essa opção devem continuar com o registro em meio físico. E, neste caso, vão ter um ano para adequarem os documentos ao conteúdo previsto na regra.

Dados presentes no eSocial também vão abastecer a Carteira de Trabalho Digital. Dessa forma, o empregador que prestar as informações para o registro de empregados no prazo correspondente não vai precisar fazer o mesmo trabalho para anotar na carteira. Para o trabalhador, todas as informações estarão disponíveis pelo aplicativo Carteira de Trabalho Digital.

Além do livro de registros e da carteira de trabalho, as informações prestadas ao Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e à Relação Anual de Informações Sociais (Rais) também serão substituídas pelo eSocial.

registrado em:
Fim do conteúdo da página