Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Seminário ressalta importância da cultura da prevenção nos ambientes laborais
Início do conteúdo da página
CANPAT 2018

Seminário ressalta importância da cultura da prevenção nos ambientes laborais

Evento faz parte da Campanha Nacional de Prevenção de Acidentes do Trabalho, lançada nacionalmente em abril

  • Publicado: Quarta, 02 de Maio de 2018, 12h02
  • Última atualização em Quarta, 02 de Maio de 2018, 12h02
  • Acessos: 546
Divulgação/ Ministério do Trabalho
imagem sem descrição.

 

“O trabalho é direito do trabalhador e não é aceitável que para exercer esse direito se comprometa a saúde e a integridade física”, destacou a superintendente regional do Trabalho da Bahia, Gerta Schultz, durante a solenidade de abertura do seminário Aprimorando a Gestão em Saúde e Segurança do Trabalho e Prevenindo o Adoecimento Ocupacional. O evento foi promovido pela Superintendência Regional do Trabalho da Bahia (SRT-BA), na última sexta-feira (27), e faz parte da Campanha Nacional de Prevenção de Acidentes do Trablaho (Canpat 2018), lançada nacionalmente pelo Ministério do Trabalho (MTb), em abril.

O seminário contou com o apoio da Federação das Indústrias do Estado da Bahia e do Fórum de Proteção ao Meio Ambiente do Trabalho do Estado da Bahia (Forumat). Durante o evento, representantes de diversos órgãos, sindicatos e entidades trocaram informações sobre a importância da promoção de um ambiente laboral seguro e saudável para os trabalhadores.

Também participaram da solenidade de abertura do seminário o chefe da Inspeção do Trabalho no Estado da Bahia, José Honorino Macedo, o procurador chefe do Ministério Público do Trabalho na Bahia, Luís Carneiro Filho, o superintendente executivo do Serviço Corporativo da Federação, Cid Carvalho Viana, e a coordenadora do Forumat, Jessevanda Galvino de Almeida.

Gerta Schultz falou sobre o trabalho realizado pelo Ministério do Trabalho na promoção do trabalho decente e sobre os desafios no combate à precarização das relações de trabalho. “Não podemos nos curvar a um cenário que expõe os trabalhadores a algum tipo de risco. É um dever nosso continuar atuando para combater a precarização do trabalho”, disse Gerta.

O auditor-fiscal José Honorino lembrou a necessidade dos empregadores se voltarem para a questão da prevenção. “A Canpat é um momento de falar sobre segurança e saúde no trabalho e a SRT-BA atua diariamente neste tema, dialogando com lideranças empresariais. Mas essa campanha é importante para chamarmos a atenção da sociedade sobre as consequências dos acidentes”, disse.

Luís Carneiro Filho ressaltou a importância da proximidade dos setores para promover um diálogo contínuo sobre a proteção dos trabalhadores ao exercerem as suas atividades.

Cid Viana, que representou a Federação das Indústrias, falou sobre as ações promovidas pelo Serviço Social da Indústria (Sesi), que convergem para o tema do seminário, especialmente na educação de jovens.
A coordenadora do Forumat, Jessevanda Galvino, destacou a parceria da SRT-BA com o Fórum, que durante todo o ano debate alternativas com os parceiros e a sociedade para melhorias nos ambientes laborais.

Durante o seminário, os participantes assistiram a um ciclo de palestras apresentadas por técnicos e especialistas em Saúde e Segurança do Trabalho. A primeira, proferida pelo assistente técnico do Departamento de Segurança e Saúde do Ministério do Trabalho, Jeferson Seidler, abordou as consequências dos acidentes e doenças relacionadas ao trabalho. Em seguida, a gerente de Negócios do Sesi, Maria Fernanda Torres Lins Faical, palestrou sobre a Gestão de Saúde e Segurança do Trabalho como estratégia para as empresas.

O auditor-fiscal do Trabalho Fernando Vasconcelos também apresentou a palestra “Privilegiando o Instrumental Clínico-Epidemiológico na Abordagem da Relação entre a Saúde e o Trabalho".

O ciclo de palestras foi coordenado pelo auditor-fiscal do trabalho Paulo Conceição, que ao final das apresentações promoveu um debate, momento em que os participantes esclareceram suas dúvidas sobre a temática e contribuíram com sugestões para a construção de um ambiente de trabalho mais seguro e saudável.


Ministério do Trabalho
Assessoria de Imprensa
imprensa@mte.gov.br
(61) 2021-5449

registrado em:
Fim do conteúdo da página