Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Distrito Federal tem 3.295 empregos formais de saldo em setembro
Início do conteúdo da página
CAGED

Distrito Federal tem 3.295 empregos formais de saldo em setembro

Setor de Serviços teve melhor desempenho; em seguida vieram os de Comércio e de Construção Civil


  • Publicado: Terça, 23 de Outubro de 2018, 19h32
  • Última atualização em Terça, 23 de Outubro de 2018, 19h32
  • Acessos: 134

O Distrito Federal encerrou o mês de setembro com saldo positivo de 3.295 empregos formais, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado pelo Ministério do Trabalho nesta segunda-feira (22). O número representa uma alta de +0,42%, em relação a agosto. Foram 22.739 admissões e 19.444 desligamentos no período.

O setor que mais contribuiu para este resultado foi o de Serviços, com a criação de 2.123 novos postos de trabalho. Em seguida aparecem os segmentos de Comércio, com 842 vagas, e de Construção Civil, com 243 novos empregos.  

 

Desempenho nacional

O emprego formal no país apresentou crescimento durante o mês de setembro, de acordo com o Caged. O saldo positivo de 137.336 novas vagas representou um acréscimo de 0,36%, em relação a agosto.

Foram 1.234.591 admissões e 1.097.255 desligamentos no último mês em todo o país. O estoque de empregos no período alcançou 38.507.474 vínculos. Houve alta de postos de trabalho em 26 das 27 unidades federativas. 

O Caged aponta que o saldo de janeiro a setembro teve um acréscimo de 719.089 vagas, o que representa alta de 1,9%. Nos últimos 12 meses, o aumento foi de 459.217 postos – variação positiva de 1,2%. 

O crescimento foi registrado em sete dos oito setores econômicos. Foram 60.961 novos postos apenas em Serviços, o setor de melhor desempenho em setembro.

O segundo melhor saldo ocorreu no setor da Indústria de Transformação, que fechou o mês com saldo positivo de 37.449 vagas. Comércio veio em seguida, com a criação de 26.685 postos. 

Também tiveram saldos positivos Construção Civil (12.481 postos), Serviços Industriais de Utilidade Pública – Siup (1.091 postos), Administração Pública (954 postos) e Extrativa Mineral (403 postos).  Apenas o setor da Agropecuária apresentou queda (-2.688 postos).

Ministério do Trabalho
Assessoria de imprensa
imprensa@mte.gov.br
(61) 2021-5915

registrado em:
Fim do conteúdo da página